sábado, 18 de outubro de 2008

Desbunde no Arraial

Antes de contar confidências que deram origem ao título desta postagem, vou descrever rapidamente o nosso último dia de Bike no Sul da Bahia. Saímos cedo de Arraial, neste sábado dia 18 de outubro, e atravessamos de balsa o Rio Buranhém até Porto Seguro. Foram 4 horas de pedalada (ida e volta) por estrada até Santa Cruz Cabrália, com pit stop nas barracas de praia. De tarde, fomos à praia de Mucugê para tomar cerveja e caipirinha com isca de peixe. Uma morena ao lado fez tererê nos cabelos e inspirou alguns de nossos companheiros. Olavo, claro, foi um dos que entraram na onda. Notem que ele também está de colar e pulseira (a tornozeleira, também de contas e buzios, não aparece na foto). Mas ninguém esperava que a epidemia de desbunde pegasse o nosso machão de Bagé, gaúcho de quatro costados, o Ivan! O homem ficou louco – nem o pouco cabelo foi problema. Entusiasmado, entrou também “numas” de tatuagem. No braço e na perna!!! “O que eu vou contar lá em casa?” Em Sampa e, pior, lá nos pampas gaúchos. E ele só toma coca-cola. Foi divertido. Agora estamos na pousada, com vista para o Atlântico. Amanhã voltaremos para São Paulo. A semana da criança acabou. Beijos e abraços a todos que acompanharam a nossa viagem e até o próximo ano, que terá uma programação bem diferente: Vale do Loire, na França. Que parte da cultura local irá influenciar o comportamento de nossos ciclistas? Não quero nem pensar. Tchau!

4 comentários:

Luisa disse...

Não estou acreditando!!

Você não fez, né pai? Estou com medo porque, como fotógrafo, você não aparece em nenhuma foto...

Mas eu entendo o "revival" de vocês... A Bahia é mesmo contagiante!

Saudades!

Beijos Lu.

Anônimo disse...

Amei a viagem de vocês. Parabéns!!!!
Beijos!!!
Beth

Luiz Sergio disse...

Que Beleza!!!!!!!
Nada como a Bahia para fazer aflorar as verdadeiras personalidades!
Um abraço a todos e boa viagem de volta a Sampa!
Um abraço,
Luiz Sergio

Anônimo disse...

Sem comentários......